Irresponsabilidade da Prefeitura deixa Nilópolis com água na cintura

Depois de um período de muito calor e tranquilidade, o surgimento de nuvens e uma possibilidade de um temporal vira preocupação de quem mora em Nilópolis.

A virada da tarde para a noite dessa segunda-feira foi desastrosa, uma grande rajada de vento derrubou desde árvores até telhados de algumas de residências.  Muitos moradores correm risco de segurança com relação das árvores que podem cair e enquanto isso a Secretaria de Meio Ambiente só fica no Gericinó. A preocupação do governo Farid é inaugurar as pinturas nas escolas e o resto que fique como está…até o leite derramar.

Esse é o resultado do Pré-Carnaval e todo esse lixo entope o escoamento da água. Cadê a semserp?

Outro velho problema, é a quantidade de lixo não recolhida na cidade. A secretaria de serviços públicos já está no terceiro secretário e nada muda. O atual da pasta, Jorge Scalize, intensificou o uso de coletes e uniformes mas não intensificou a limpeza da cidade. Além do recolhimento, outra prática é inexistente em Nilópolis: a fiscalização e repressão. Quem mora nas bordas do município sabe que muitos pontos de concentração de lixo e entulho são feitos por pessoas de outro Município. Essas pessoas são pagas e escolhem Nilópolis pela falta de ação da Prefeitura de Nilópolis, que deixa a “Deus dará”.

Coincidências da vida ou não a rua da Casa do Prefeito é um dos pontos com maior problema de enchente e mesmo em seu terceiro mandato, tudo continua um caos quando chove. O Prefeito Farid Abrão parece não usar a cabeça e, ao invés de focar na limpeza da cidade, foca na pintura e toda a população vira palhaço assistindo o circo verde-laranja.

Leave a Comment